terça-feira

As pétalas vocais de Maria Juliana



Olá, minha gente. Hoje venho aqui comentar o disco da cantora paraibana Maria Juliana Linhares, PÉTALAS VOCAIS, que está prestes a ser lançado ao público. Pra começo de conversa, afirmo que o conteúdo do disco faz jus ao título. Juliana traz onze pétalas, onze facetas da flor de sua voz, de sua rica personalidade como cantora e como pessoa. Uma das perspectivas pelas quais se pode olhar o disco (diminuindo o zoom, em perspectiva fractal) é a extensa pesquisa vocal e expressiva da cantora. Embora haja uma clara unidade na sua técnica, percebe-se que cada nova canção merece um recurso diferente, uma entoação diferente: uma delicadeza maior, um nervosismo maior.

Aumentando o zoom novamente, contemplamos a segunda perspectiva, a do repertório, que conta com composições de criadores paraibanos. Erivan Araújo, Naldinho Braga, André Morais, são bem representados entre vários outros (ela mesma também compõe). O voo de Juliana é impulsionado pela diversidade das temáticas. A questão ambiental, em ‘Canto de guerreiro’, a inspiração criativa que custa a chegar, em ‘Ao poeta que não consegue escrever’, o divertido encontro entre duas almas negras, em ‘Escurinho no velório de Michael Jackson’.

A contrapartida da pesquisa vocal da cantora está na terceira perspectiva, a dos arranjos. Elaborados por Michel Costa e executados por um time de músicos feras, também apresentam uma bela diversidade de coloridos, indo da suavidade de ‘Alegria de farol’, passando pelo peso de ‘Escurinho no velório de Michael Jackson’, o forró pé-de-serra ‘Beijo de moça’, até o lamento rasgado de ‘Chuvosa’.

Enfim, o disco é uma flor multicolorida, forte e vigorosa em suas raízes, e em suas asas, pois é uma flor-pássaro. Cabe ao ouvinte alimentá-la com amor, segurar em suas asas, e voar junto.

Lançamento do CD PÉTALAS VOCAIS
Teatro Paulo Pontes, João Pessoa - PB
Sábado, dia 19/09/2015
20:00h
R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (estudante)

O disco está disponível pra quem quiser ouvir, aqui:
goo.gl/MIFa50 
Postar um comentário